Jovens mulheres da Luta pela Paz participam de treino com Carol Barcellos no projeto Destemidas

28/08/2017 – Nessa segunda tivemos o primeiro treino do projeto Destemidas, projeto de corrida realizado pela Luta pela Paz em parceria com Carol Barcellos. O projeto foi inspirado em Kathrine Switzer, primeira mulher a completar a maratona de Boston em 1967. A corredora completou a prova em quatro horas e vinte minutos, apesar de sofrer hostilidades e agressões, abrindo caminho para a participação de mulheres nas maratonas.

O projeto de corrida tem o objetivo de fortalecer a imagem feminina e diminuir a desigualdade de gênero, visando desconstruir o estereótipo da mulher frágil e submissa existente em nossa sociedade. Além da promoção da prática esportiva, o projeto procura trabalhar questões de gênero com palestras sobre direitos sexuais e reprodutivos, preconceito, mercado de trabalho e violência contra a mulher.

A primeira etapa do projeto que aconteceu na Marina da Glória, contou com a presença de 30 jovens mulheres. O treino de três horas, contou com sessões de preparo físico, treinamento funcional, acompanhamento nutricional e ortopédico.

“Quando falaram que era um projeto de corrida, eu pensei que seria só pra correr e que não teríamos apoio nenhum, mas foi muito além disso. Nessa segunda- feira, aprendemos cada etapa da corrida, do aquecimento apropriado à alimentação. Foi muito prazeroso ter aprendido tanto, e eu via o olhar de felicidade de cada menina por estar fazendo parte do projeto”, afirmou Raíssa Lima, aluna de judô da Luta pela Paz.

O primeiro treino do projeto “Destemidas” contou com a participação da nutricionista Maria Eduarda Guaraná, do preparador físico César Parcias e do treinador Marcos Dantas, todos da equipe do Planeta Extremo. A meta é fazer com que as meninas participem de uma meia maratona em 2018.