O potencial dos esportes de combate para transformar vidas

04/08/2017 – A Fundación ADA, parceira da Rede Global da Luta pela Paz desde 2015, é uma organização colombiana sem fins lucrativos cuja missão é promover e desenvolver programas que ajudem a melhorar a vida através do esporte e da reabilitação. A organização trabalha com uma grande gama de pessoas, incluindo pessoas com deficiência física, atletas de alto rendimento com necessidades sociais e econômicas e pessoas em risco de exclusão social.

O programa para atletas de alto rendimento Selección ADA existe desde que a organização foi fundada em 2003 e tem como objetivo apoiar aqueles jovens que têm a capacidade de atingir o mais alto nível no esporte, mas não têm condições de continuar treinando e trabalhando em prol de seus objetivos. O sucesso deste programa foi recentemente sublinhado pelo triunfo de Rigoberto Uran no Tour de França de 2017, onde o ciclista foi o segundo colocado.

Os jovens atletas do programa recebem apoio econômico para que possam continuar a progredir em suas carreiras esportivas; ferramentas de psicologia para desenvolver sua resiliência mental; instrumentos ergonômicos para o auxilio de implementação esportiva; apoio para participar de eventos nacionais e internacionais para estimular competividade; suplementos nutricionais; apoio médico; e bolsas de estudo.

Após a inclusão da Fundación ADA no Programa Alumni Global da Luta pela Paz em 2015, o Selección ADA começou a incluir um grande número de atletas de esportes de combate. Este movimento fortaleceu muito o programa e viu o surgimento de um novo projeto chamado Camino al Ring (Caminho ao Ringue), que usa lições do boxe e da vida para apoiar jovens de uma comunidade altamente vulnerável em Medellín. Este último projeto é fruto de uma parceria criada entre a Fundación ADA e outro parceiro da Rede Global da Luta pela Paz, o Grupo Internacional de Paz.

“Trabalhar com a Luta pela Paz nos ajudou a reconhecer o potencial dos esportes de combate para transformar vidas. Depois de ver os ótimos resultados do Camino al Ring, decidimos este ano dar um maior ênfase a esses esportes no nosso programa para atletas de alto rendimento com necessidades sociais e econômicas. Nosso grupo de 2017 é composto por atletas de diferentes disciplinas, mas 50% são de esportes de combate, como judô, karatê, taekwondo e boxe,” explicou Henry Aguirre, diretor da Fundación ADA.

Selección ADA e Camino al Ring são contribuições da Fundación ADA para o processo histórico de reconciliação e paz que está ocorrendo atualmente na Colômbia e, para o Diretor da organização, o papel do esporte é fundamental nesse processo: “Buscamos criar novos ídolos esportivos capazes de inspirar outros jovens a ver no esporte uma escolha de vida e a possibilidade de transformar seu presente e seu futuro. Não temos dúvida de que através do esporte, vamos gerar novos modelos de sociedade.”