CURSO DE PRIMEIROS SOCORROS PSICOLÓGICOS, EM KINGSTON, JAMAICA

07/03/2018 – Uma colaboração global entre a Luta pela Paz e a organização parceira Fight with Insight realizou um curso de treinamento em Primeiros Socorros Psicológicos (PSP) em Kingston, na Jamaica. O curso faz parte do Programa Comunidades Seguras da Luta pela Paz e se dirigiu a líderes comunitários, voluntários, treinadores esportivos, psicólogos e assistentes sociais que trabalham com jovens de seis comunidades em que a Luta pela Paz atua na capital jamaicana.

O curso foi ministrado por Luke Lamprecht, fundador da Fight with Insight, com mais de 25 anos de experiência em proteção infantil e especialização em PSP em Joanesburgo, na África do Sul. O compartilhamento de conhecimentos desse tipo, entre comunidades e grupos que enfrentam desafios semelhantes, representa uma característica fundamental da rede global da Luta pela Paz, que reúne mais de 160 organizações de 26 países.

O curso de Primeiros Socorros Psicológicos fornece estrutura para adultos treinados interagirem com jovens sob seus cuidados, e pode ser usada tanto em casa, como em escolas e centros comunitários. O elemento mais importante do PSP é proporcionar uma presença atenciosa e reconfortante, que vá desde um simples comprimento até a forma como as aulas esportivas são conduzidas. Isso ajuda os jovens a refletirem e a se afastarem de situações violentas, como o líder do curso Luke Lamprecht explicou:

“O que os jovens estão aprendendo é a ficarem alerta. Se você está permanentemente querendo brigar ou em um estado de ausência, você está sempre revivendo um momento. E se você está traumatizado, você está permanentemente em um estado de stress. Então, isso diz respeito a desenvolver neles a habilidade de se manterem calmos, refletirem e terem uma resposta apropriada, em vez de estarem constantemente reagindo”.

O Programa Comunidades Seguras da Luta pela Paz atua na Jamaica e na África do Sul e usa uma metodologia de impacto coletivo para integrar múltiplos serviços e atores em comunidades que sofrem com violência urbana onde a capacidade e os recursos são escassos. Através de uma equipe local no terreno, a Luta pela Paz atua como uma organização central, trabalhando em parceria com o governo, agências internacionais, doadores, o setor privado e atores de base comunitária, oferecendo treinamento e capacitação, facilitando a comunicação e ajudando a requisitar iniciativas.

O Programa Comunidades Seguras Jamaica, agora, dedica sua atenção a facilitar uma série de atividades que usam o PSP a serem realizadas nas seis comunidades em que atua. Essas atividades incluirão o treinamento contínuo de representantes da comunidade para auxiliar jovens que exibam sinais de transtorno de estresse pós-traumático, transformando espaços utilizados por crianças e jovens com mensagens positivas de construção de resiliência.