Em 2016, a Luta pela Paz começou o Programa Comunidades Seguras (PCS) na Cidade do Cabo, na África do Sul. O PCS usa uma metodologia de impacto coletivo para integrar múltiplos serviços e atores em pontos críticos de violência urbana, onde a capacidade e os recursos são escassos. Por meio de uma equipe local sediada na Cidade do Cabo, a Luta pela Paz atua como uma organização de apoio, trabalhando ao lado de atores locais para colaborar na redução da violência juvenil.

 

 

O programa inicia, coordena, fortalece e integra programas de redução da violência juvenil em três comunidades afetadas por gangues: Manenberg, Guguelethu e Delft.

Todas as parcerias e atividades desenvolvidas estão alinhadas a uma agenda comum, empregam métricas compartilhadas e são baseadas em uma Teoria da Mudança compartilhada.

Em 2017, as atividades do Programa Comunidades Seguras impactaram diretamente 540 jovens e 137 adultos.

A LUTA PELA PAZ NA ÁFRICA DO SUL

A Luta pela Paz está na Cidade do Cabo desde 2013, quando oito organizações comunitárias foram selecionadas para participar de nosso programa de treinamento. Um financiamento adicional de dois anos foi levantado posteriormente para que essas organizações parceiras recebessem apoio da Luta pela Paz no fortalecimento organizacional e no começo de novos projetos baseados na metodologia dos Cinco Pilares. Durante esse período, os parceiros implementaram novos projetos de boxe e karatê, bem como programas de treinamento em habilidades para a vida. Eles também receberam treinamento da Luta pela Paz na implementação e uso dos sistemas de Monitoramento, Avaliação e Aprendizagem (MEL) e receberam apoio de planejamento estratégico e captação de recursos.

Leia sobre Programa Comunidades Seguras na Jamaica aqui